POLÍCIA INDICIA 3 HOMENS E UMA MULHER POR TRÁFICO DE DROGAS, ASSOCIAÇÃO AO TRÁFICO E ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA EM PIATÃ.


A Polícia Civil de Piatã-Ba, concluiu investigação criminal que identificou o maior esquema de tráfico de entorpecentes já descoberto em Piatã nos últimos anos. Três homens e uma mulher foram indiciados. Mas apenas um encontra-se preso.

Foi apurado que houve associação de pessoas para praticarem crimes de tráfico de drogas de forma reiterada, além constituírem, mesmo que informalmente, uma organização criminosa, com sede em um bar situado às margens da BA-148, no Distrito de Cabrália.

O idoso SALVADOR SILVIO ALVES, de 65 anos, proprietário do bar, foi preso em flagrante no dia 27/10/2019, pela Polícia Militar, com drogas e duas armas de fogo.

SALVADOR utilizava de seu estabelecimento para vender maconha e cocaína para usuários e traficantes da região de Boninal/Ba, Novo Horizonte/Ba e Piatã/Ba. A sua companheira, VALDICE SANTOS RODRIGUES, agia em conjunto com o idoso, entregando as drogas para os usuários na ausência de SALVADOR.

A Polícia Civil, no decorrer das investigações, ouviu várias testemunhas e usuários, restando comprovada que a comercialização ilegal existia ao menos desde fevereiro de 2019, além de apreender R$16.900,00 (dezesseis mil e novecentos reais); que isso era de conhecimento notório pelos usuários daquela região, que inclusive ligavam antes para SALVADOR para saberem se tinha droga, com o objetivo de não perderem a caminhada.

Participava ainda do crime WESLEY MEDEIROS SOUZA que, logo após a prisão de SALVADOR, ajudou a transportar o restante da droga que estava escondida no bar para a sua cidade natal, Boninal, agindo em conjunto com VALDICE. Porém, WESLEY foi preso em flagrante no dia 01/11/2019, em uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar daquela cidade. Outro integrante da organização criminosa é NATALÍCIO SILVA NASCIMENTO, vulgo DÓIA ou BIO, que trazia a droga de SP para o Bar de SALVADOR, encontrando-se este foragido da cidade.

Ao todo foram apreendidos R$18.277,00 (dezoito mil duzentos e setenta e sete reais) em dinheiro, fruto da venda de entorpecentes, bem como mais de 1400 (mil e quatrocentas) buchinhas,pinos, papelotes de maconha ou cocaína prontas para comercialização ilegal.

Todos foram indiciados pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico de drogas e organização criminosa, cuja soma máxima das penas de prisão pode chegar a 33 anos. O idoso ainda foi indiciado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, podendo ter pena máxima de até 36 anos de prisão. Apenas SALVADOR encontra-se preso preventivamente e à disposição da justiça. WESLEY recebeu liberdade provisória pela Autoridade Judiciária da Comarca de Seabra e também é investigado em outro inquérito pela prática de tráfico de drogas em Boninal/Ba.

Fonte: DPC PAULO HENRIQUE DE OLIVEIRA






Categoria:POLICIAL